Cobertura mediática

Jornais:

Sapo Notícias – Saúde: “Overdose” de produtos homeopáticos marcada para Sábado

Diário de Notícias – Associação marca “overdose” de produtos homeopáticos

Expresso – Lisboa adere a overdose homeopáticaFarmacêuticos contra “overdose” (e a nossa resposta)

Jornal de Notícias – Homeopatia é negócio difícil de quantificar (ver digitalização do artigo em papel).

Diário de Notícias (versão em papel) – ‘Overdose’ de medicamentos sem efeitos registados

Destak – “Overdose” de produtos homeopáticos marcada para sábado em todo o mundo

Visão – Homeopatia, Cura ou Fraude? + VÍDEOS – “Overdoses” para todos os gostos

Rádios:

TSF – Acção contra os medicamentos homeopáticos

Advertisements

4 Responses to Cobertura mediática

  1. T. says:

    Apesar de ser usada há mais de 200 anos e de ainda beneficiar milhões de pessoas nos dias de hoje, a homeopatia está actualmente sobre contínuos ataques por “não ser científica”. As razões para este ataque podem ser entendidas em termos do que se pode chamar um “Novo Fundamentalismo”, emanando particularmente mas não exclusivamente do meio da biomedicina, e apoiada por alguns sectores dos media.
    As características marcantes do Novo Fundamentalismo incluem a negação da evidência da eficácia de qualquer modalidade terapêutica que não possa ser consistentemente “provada” através de testes duplo-cego randomizados. [Este Novo Fundamentalismo] exclui qualquer explicação para a eficácia da homeopatia; ignora, censura ou considera como incompreensíveis os dados de pesquisas actuais que apoiam essas explicações, particularmente se tiverem origem fora da biomedicina; também não se opõe ao uso de experiências tendenciosas, boatos e insinuações de forma a desacreditar a homeopatia. Como tal o Novo Fundamentalismo é, ele mesmo, não-científico.
    Isto pode trazer consequências para o futuro na forma como os profissionais, pesquisadores e pacientes de homeopatia/medicinas naturais interagem e negoceiam com os sistemas de saúde primários.

    Para o texto completo (em Inglês) ver:
    http://www.similima.com/thesis56.html
    Traduzido por Tiago Chabert

    • L says:

      Caro Tiago,

      Os proponentes de homeopatia querem que esta prática seja classificada de científica, sem que ela seja sujeita ao método científico. Apelidam de religião, de novo fundamentalismo porque entendem que através desse método – aplicado a tudo o que deseje ser científico – a homeopatia não passa o teste.

      A crítica que é feita nesse site apenas demonstra que as pessoas que o escreveram, ou não percebem o que é o processo científico ou, mais provável, não querem entender porque razão são feitos testes duplamente cegos e aleatórios.

      Porque não desistem da classificação científica, pura e simplesmente, é algo que me ultrapassa. Se a ciência é assim tão negativa, mais valia recusarem o termo.

  2. Pingback: Campanha 10:23 « COMCEPT

  3. Pingback: Campanha 10:23 Portugal « COMCEPT

Comments are closed.