Resposta amena à Associação AMENA

Hoje, no seu site, a AMENA, Associação Medicina Natural e Bioterapêuticas, achou por bem denunciar aquilo que caracteriza como uma

“manifestação” espontânea(?), de uma camarilha SEM ESCRÚPULOS e abjecta quanto baste.

Estão a referir-se à acção que a Campanha 10:23 vai efectuar no próximo sábado.
No final do texto, indicaram que

Utilizaremos todos os meios LEGAIS para este combate.

Folgamos em saber que usarão apenas meios legais para aquilo que denominam combate.
Logo abaixo, colocam o link para uma carta alegadamente enviada ao Exmo. Inspector Geral da ASAE, com aparente cópia para o Exmo. Sr. Presidente da Assembleia da República, Comissão Parlamentar de Saúde, Exma. Sr.a Ministra da Saúde e  Infarmed. (link para o ficheiro pdf)
Nela, solicitam informação sob a forma de três perguntas. Ei-las, bem como as respetivas respostas:

1 – Que seja referenciada a entidade que forneceu os “produtos” que vão os manifestantes engolir.

Como já tinha explicado ao Secretário Nacional desta Associação, em ronda de comentários num post do blog De Rerum Natura, os ‘manifestantes’ vão tomar produtos homeopáticos comprados em farmácias portuguesas, pertencentes à rede nacional de farmácias e fiscalizadas pelo Infarmed. Pessoalmente, vou tomar o Osccilococcinum, dos laboratórios Boiron, o produto homeopático mais famoso do mercado português, graças à campanha de publicidade que está a passar na televisão (veja-se aqui a versão francesa, a que consegui descobrir no youtube). Outros manifestantes vão também tomar este produto, e outros ainda tomarão outros produtos do mesmo laboratório, que é o mais famoso e conceituado laboratório homeopático do mundo.

2 -Que seja publicamente desmascarada esta Publicidade Enganosa, porquanto ao utilizarem os chamados “veículos” estão a induzir em erro o publico em geral, pois estamos perante produto “neutro”.

Bom, seja lá o que a nossa acção for, está a ser publicamente divulgada, e estou a aproveitar este texto para publicamente mostrar a opinião desta associação, isto é, que isto é uma “Publicidade Enganosa” que merece ser “desmascarada”. Pronto, está feito. Agora permita-me comentar o seu pedido/afirmação.
Como vimos na resposta que dei antes, vamos usar produtos homeopáticos do laboratório Boiron, o mais famoso e respeitado laboratório homeopático do mundo. Estes produtos são tidos como “medicamentos” e, na sua literatura médica (ver pdfs no site da Boiron), somos informados que têm indicações terapêuticas específicas. Ora, a AMENA, através do seu Secretário Nacional, parece estar a afirmar que que estes produtos são neutros, isto é, não fazem mal nem bem. Se assim é, como parece ser, estamos portanto perante uma situação delicada; temos um homeopata a dizer que certos produtos homeopáticos, nomeadamente os mais conhecidos e publicitados em Portugal, não são eficazes; são ‘neutros’. Seria interessante saber qual a opinião dos Laboratórios Boiron em relação a esta afirmação.

3 – Que sejam identificados os “CABECILHAS” em Portugal, pois é no mínimo estranho que estando em curso uma Mega Operação de combate à FRAUDE promovida por DESONESTOS que invadem qualquer Grupo Profissional, com é o caso actual das Farmácias/ Distribuidores/Prescritores versus medicamentos e Serviço Nacional de Saúde.

Os “cabecilhas” estão perfeitamente identificados; poderá ver os seus nomes na secção Contactos do nosso site. Pode ainda adicionar o meu nome, pois também estou metido nisto. Em relação à ‘Mega Operação’ [sic] que refere, terei talvez que pedir-lhe que se explique, pois não sei do que estará a falar. Seja como for, e em relação a qualquer tipo de ligação entre os organizadores locais deste evento e a Indústria Farmacêutica ou Médica, pode ficar descansado: não somos farmacêuticos nem médicos, mas antes um grupo heterogéneo de pessoas, de áreas diversas. Um dos nossos objectivos, como fica claro ao ler o nosso press-release, na entrada do nosso site, é questionar precisamente as Farmácias pelo facto de venderem produtos homeopáticos. Seria estranho ter o apoio daqueles que questionamos.

This entry was posted in Homeopatia. Bookmark the permalink.

2 Responses to Resposta amena à Associação AMENA

  1. Ricardo says:

    Sou Homeopata e em relação a este texto da AMENA… também não concordo na sua maioria.
    País livre, liberdade de expressão… Aliás, muitos Homeopatas falam mal, à boca cheia, da medicina convencional. Aplica-se o mesmo principio.
    Tenho no entanto de discordar da forma como esta campanha 10:23 está a ser feita, pois baseia-se em princípios pouco relacionados com a Homeopatia. Toda a gente que recorre a esta terapêutica sabe que não irá apanhar uma “overdose” por engolir as “bolinhas” todas. No entanto, se tomarem um homeopatico com uma determinada cadência/frequência, ao fim de algum tempo dá-se o efeito de prova. Isso sim ,era bem feito. Mas era necessário bem mais do que umas horas para provar isso.
    No entanto, mais uma vez, boa sorte para o evento. Nada vai acontecer aos participantes, por isso correr mal só se for por insolação.🙂

    • Pedro Homero says:

      Estimado Ricardo,
      É com agrado que recebemos os seus comentários; são diretos e cordiais. Os nossos cumprimentos, desde já, pelo facto.
      Em relação à forma como a campanha está a ser feita, e por estranho que possa parecer, concordo consigo quando diz que não é a forma mais adequada de a fazer. Uma forma correcta seria através de um teste aleatório, controlado e ‘double blind’; acontece é que esses testes já foram feitos, e repetidos dezenas de vezes, e ainda assim a informação parece não chegar eficazmente à população em geral. Os media têm pouco interesse em testes rigorosos que descobrem que algo não funciona; isso não é notícia, não é excitante para um órgão de comunicação social. Uma acção como esta, pelo contrário, é muito eficaz, pois faz com que facilmente se consiga passar, de uma forma visual e numa notícia de um minuto, aquilo que a ciência já demonstrou, isto é, que estamos perante um produto que só funciona como placebo, e não tem efeito farmacêutico ou terapêutico.

Comments are closed.